Como montar um conjunto de motobombas?

O conjunto de motobombas de incêndio é usado para pressurizar a rede de incêndio garantindo que ela não fique sem água para o combate ao fogo.

O conjunto de motobombas de incêndio é usado para pressurizar a rede de incêndio garantindo que ela não fique sem água para o combate ao fogo.

Para isso, o conjunto de motobombas equilibra a rede de incêndio de acordo com a pressão adequada.

Componentes do conjunto de motobombas

Normalmente os conjuntos de motobombas são formados por três motobombas, que nem sempre operam ao mesmo tempo.

conjunto-motobombas-de-incendio-completo
Normalmente os conjuntos de motobombas são formados por três bombas.

Motobomba elétrica, ou principal

Trabalha ligada à rede elétrica e quando identifica uma baixa na pressão (pré-estipulada e não contida pela jóckey) liga e pressuriza a rede de incêndio jogando água do reservatório para a rede.

Essa motobomba só pode ser desligada através do painel de comando, que fica junto às motobombas no conjunto.

Motobomba à combustão (Diesel ou Gasolina)

Usada como bomba reserva, ela entra em ação quando o sistema detecta que a bomba principal não foi acionada como em casos de falta de energia, por exemplo.

Trabalhando com um motor à combustão, ela também injeta água do reservatório para normalizar a pressão da rede. A bomba à combustão também só pode ser desligada no painel de comando.

Motobomba Jóckey

É uma bomba menor, com cerca de 30% da capacidade da bomba principal, responsável por normalizar a rede em pequenas quedas de pressão, como pequenos vazamentos ou a entrada de ar na tubulação, por exemplo.

Assim, ela liga e desliga automaticamente com as variações de pressão evitando desperdícios de energia e aumentando a vida útil do sistema, já que ela evita a ligação desnecessária das motobombas maiores.

Painel de comando

Tão importante quando as motobombas, o painel de comando é o “cérebro” do conjunto de motobombas.

É ele o responsável por identificar as leituras dos pressostatos, quedas de energia, ligar e desligar cada uma das peças do conjunto de motobombas.

Pressostatos

São os equipamentos responsáveis por registrar as mudanças de pressão na rede. Assim que um pressostato identifica uma pressão fora da sua curva de trabalho, ele envia um sinal para o painel de comando acionar uma das motobombas.

Tubos, válvulas e conexões

Ligados às bombas de incêndio e à tubulação de incêndio ficam tubos, de aço carbono ou galvanizados (veja a diferença nesse post), válvulas gavetas, válvulas borboleta, juntas de expansão e manômetros.

Esses materiais fazem a condução e direcionamento da água de incêndio, permitindo também o corte de fluxo para manutenções e instalação.

Vídeo ilustrativo de um conjunto de motobombas completo.

Feito sob medida

Para garantir que um conjunto de motobombas seja eficaz, isto é, mantenha a rede pressurizada e não deixe faltar água no combate ele deve ser fabricado e programado de acordo com a curva de trabalho correta, informada no projeto de incêndio.

Aliás não são somente as bombas que devem ter potência e vazão de acordo com projeto, manômetros, pressostatos e painel de comando também são personalizados para atender perfeitamente a necessidade de cada situação em específico.

Como funciona o conjunto de motobombas?

Um conjunto de motobombas normalmente pode ser acionado de três maneiras:

  • Automaticamente, através de quedas na pressão identificadas pelo pressostato;
  • Automaticamente também, mas através do comando de uma chave de fluxo instalada na rede;
  • Manualmente, através da botoeira de acionamento de bombas.

Instalação e Manutenção

Por ser composto de muitas peças, um conjunto de bombas tem uma montagem relativamente complexa e quase sempre consome muito tempo para ser montado.

O ideal, na maioria dos casos é destinar a montagem dos conjuntos à profissionais capacitados, que, partindo da leitura do projeto e desenho técnico, possam levantar os materiais, dimensionar as motobombas e executar a montagem do conjunto.

Ficando apenas com o trabalho de receber o conjunto e acoplá-lo à rede de hidrantes, ou de sprinklers, e rede elétrica.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e sugestões de conteúdo aqui embaixo.

Nos siga no Facebook e Instagram também para ter acesso a conteúdos rápidos e bastidores da Zeus do Brasil.

Deixar uma resposta