Conexões BSP e NPT: Qual é a diferença?

As roscas BSP e NPT normalmente são utlizadas em tubulações galvanizadas, conduzindo fluídos, óleos ou gases. Afinal, qual é a diferença entre as duas roscas?

O que são as conexões BSP e NPT?

  • BPS – Rosca Reta

As conexões, ou roscas, BSP são chamadas de rosca reta, por possuírem o mesmo diâmetro no começo e no final da rosca, isto é, se medirmos as extremidades elas terão o mesmo tamanho.

  • NPT – Rosca Cônica

As conexões do tipo NPT também são popularmente conhecidas por roscas cônicas, porque as paredes internas das conexões vão diminuindo, formando um cone.

Apesar do formato, a diferença não é vista a olho nu, podendo portanto, ser observada através de um paquímetro.

Tipos de materiais conduzidos

Em sua maioria, os tubos para condução de fluídos ou gases possuem rosca macho BPS (reta), que vai encaixar em qualquer um dos tipos de conexões.

  • Fluídos e Óleos

Normalmente são utilizados nesses casos as roscas do tipo BSP, já que os materiais líquidos não possuem alta pressão.

Os fluídos também apresentam menor risco de vazamento, portanto as roscas retas do tubo e das conexões são suficientes para a vedação.

  • Gases e Vapores

Nesses casos, a solução apresentada são as conexões NPT, que por serem cônicas vão dar o aperto necessário para vedação

O tubo, com sua rosca reta é roscado até que “trave” na parede da conexão, já que ela vai diminuindo ao longo da sua extensão.

Uso de materiais de vedação auxiliares

E devo usar complementos na vedação?

A utilização de conexões BSP ou NPT contudo não exclui a utilização de agentes vedadores auxiliares como a pasta DOX, fitas veda rosca, zarcão ou fio cordão.

Então, o uso da conexão correta é importante tanto quanto o os agentes vedadores e uma boa instalação vão garantir que fluídos e gases não vazem da tubulação e causem transtorno para a sua obra.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e sugestões de conteúdo aqui embaixo.

Nos siga no Facebook e Instagram também para conteúdos rápidos e bastidores da Zeus do Brasil.

4 comentários

  1. Hermes Dagoberto
    Hermes Dagoberto

    Gostei do tema de sua divulgação, gostaria de ver se é pertinente para meu site.

    Sds.

  2. Observe sempre as normas: BSP – Padronização de Tubo Britânica, a norma de rosca para este tubo, vide ISO 7-1.
    Conexões com rosca NPT, vide ANSI B1.20.1. Acoplando conexões NPT em Rosca BSP, conseguirá montar por ter o mesmo passo de rosca, porém, com o tempo terá vazamento proveniente de vibração do sistema e também devido a diferença de perfil de filete de rosca, muito diferente entre ambas. Hidráulica não é para amadores!

Os comentários estão encerrados.