Guia dos extintores: para que serve cada tipo?

Cada tipo e cada pedaço de obra pede um tipo de extintor. Aprenda nesse post como saber que tipo de extintor usar.

Os extintores são materiais essenciais para o combate aos focos de incêndio, mas você sabe para que serve cada tipo de extintor?

Você já deve ter percebido que existem vários tipos de extintores, usados em diversas áreas das edificações e em veículos, e cada classe de extintor é destinada a combater um tipo de incêndio definido pelo tipo de combate e pelo tipo de material, que é o que diz o tipo de extintor a ser usado.

Extintor tipo B, à base de pó químico seco pressurizado combatendo um incêndio controlado.

O que combate cada um dos extintores?

  • Extintor Tipo A – para Materiais Sólidos

A classe de incêndio A é relacionada à queima de materiais sólidos como a madeira, papel, borracha e tecidos diversos, por exemplo.

Esse tipo de material deve ser combatido por refrigeração e o extintor utilizado é o tipo A, à base de água.

  • Extintor Tipo B – para Líquidos e Gases Inflamáveis

Representado pela queima de materiais como a gasolina, óleos, tintas, tinner e gases liquefeitos como o GLP e o gás natural.

Os incêndios de classe B não podem ser combatidos com água, o que espalharia o material inflamável, então os extintores B são preenchidos com Pó Químico Pressurizado que retira o oxigênio, “sufocando” o foco do incêndio.

  • Extintor Tipo C – para Equipamentos elétricos/eletrônicos energizados

Os materiais que se enquadram no uso do tipo C são computadores, máquinas elétricas, cabos energizados, painéis de comando e quadros de energia.

Até poderiam ser combatidos com pó químicos, mas por terem componentes sensíveis, e caros, que seriam perdidos com o uso do pó, se recomenda o uso de extintores C, à base de gás carbônico que restringem o oxigênio causando a extinção do fogo.

Extintores ainda não normatizados no Brasil (com base em normas internacionais):

  • Extintores Tipo D – para Metais Pirofóricos

Destinados a metais que se auto inflamam, como o Zinco, Magnésio, Potássio, Titânio e outros.

À base de cloreto de sódio, os extintores de classe D combatem o incêndio isolando o metal do oxigênio e resfriando.

  • Extintores Tipo K – para Gorduras

Usados para combater a queima de óleos, banhas e gorduras quentes, esses extintores são compostos por um material alcalino, que reage às gorduras e óleos quentes formando um espuma que acaba cortando o oxigênio.

Símbolos usados para identificação das classes de incêndio.

Como escolher o extintor correto?

Parece bastante informação, e é! A dica a ser seguida para escolher o seu extintor é sempre verificar no projeto ou com um bombeiro, o extintor correto para utilizar nas suas instalações.

Tão importante quanto saber que extintor usar, é manter o seu extintor em dia, confira aqui nesse post como conferir se seu extintor está em dia.

Deixar uma resposta